Resíduos Sólidos

Durante o processo de limpeza, bem como durante o tratamento de águas, é sempre efectuada uma segregação dos resíduos existentes com base na sua proveniência e características, de forma a possibilitar a sua valorização.

As lamas são sujeitas a um processo de concentração, desidratação, secagem e acondicionamento na unidade de resíduos sólidos.

Numa primeira fase as lamas diluídas são concentradas por filtragem em filtros saco. Nesta fase há um espessamento das lamas e compactação a cerca de ½ do volume inicial.

Numa segunda fase as lamas concentradas são encaminhadas para leitos de secagem para desidratação dos resíduos com humidade inferior a 40%, sendo acondicionados em Big-Bags ou bidons com tampa hermética e classificadas de acordo com o código LER.